Ministra diz que «falar de facilitismo nos exames é desrespeitar trabalho das escolas e dos professores»

Ir em baixo

Ministra diz que «falar de facilitismo nos exames é desrespeitar trabalho das escolas e dos professores»

Mensagem por x1co em Qui Set 03, 2009 12:42 pm

«Não podemos ter uma atitude de pessimismo e de descrença sobre o trabalho realizado», acentuou Maria de Lurdes Rodrigues, garantindo que, nos últimos anos, as escolas, os professores e os alunos trabalharam mais, o que resultou numa melhoria progressiva dos resultados da disciplina.

A ministra falava aos jornalistas no final da sessão de abertura do congresso ProfMat 2009, que teve lugar no pavilhão gimnodesportivo de Santa Maria Maior, em Viana do Castelo.

O ProfMat 2009 decorre na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo até 05 de Setembro e conta com a presença de 600 professores.

Enquanto discursava, a ministra foi confrontada com o protesto de quatro professores que ergueram cartazes contra a política no sector.

Maria de Lurdes Rodrigues disse que tais atitudes «são normais em democracia», reafirmando que continua a trabalhar «com determinação», «em respeito pelas escolas e pelos professores».

Na opinião da ministra, a melhoria registada nos resultados da Matemática não foi repentina: «Resultou do facto de, num ano, termos duplicado o número de professores, passando a haver dois docentes para cada 25 alunos». Segundo Maria de Lurdes Rodrigues, isso possibilitou que os estudantes tivessem mais horas de trabalho e estudo acompanhado

«Não são precisos 20 anos para se melhorar resultados em Matemática», sublinhou, destacando que este Governo «partiu, em 2005, de um ponto muito negativo», já que as notas médias a Matemática foram negativas durante mais de 10 anos.

Hoje, acrescentou, a situação foi invertida, já que a média é positiva na maioria dos exames. Segundos dados do Ministério da Educação, a percentagem de positivas nos exames do 9.º ano passou de 36 para 55 pontos nos anos lectivos 2005/06 e 2007/08, de 80 para 91 por cento nas provas de aferição do quarto ano e de 59 para 82 nas do sexto ano.

«Os alunos, se tiverem condições de trabalho diferentes, outros níveis de exigência e um ambiente que estimule a aprendizagem obtêm resultados», assinalou, lembrando que os jovens portugueses tem as mesmas capacidades de aprendizagem do que os de outros países.

A ministra destacou ainda que, no desenvolvimento do Plano de Acção para a Matemática (PAM), o Ministério da Educação actuou sempre em colaboração com a Associação de Professores de Matemática (que organizou o encontro de hoje), com as escolas e com as instituições de ensino superior, começando por criar estabilidade aos professores, colocando-os por quatro anos nas escolas.

«Mais do que o Plano de Acção para a Matemática houve todo um movimento de colaboração, melhorando condições de trabalho e revendo o programa de Matemática», realçou.

O PAM abrange 400 mil alunos e mais de 17 mil professores, segundo o ministério.

Lusa / SOL

_________________
avatar
x1co
Administrador
Administrador

Google Chrome Portugal
Masculino Número de Mensagens : 2342
Idade : 25
Localização : Arganil/Portugal
Prémios : :6 :3 :1
Barra de Warning :
Data de inscrição : 23/11/2008

Ver perfil do usuário http://infoconnected.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ministra diz que «falar de facilitismo nos exames é desrespeitar trabalho das escolas e dos professores»

Mensagem por storm em Sex Set 04, 2009 7:23 am

Essa mulher enfim, ainda bem que ja não vou mais para a escola. Very Happy

_________________
Fórum Inforstom - http://inforstorm.pt.to
avatar
storm
Moderador
Moderador

Mozilla Firefox Portugal
Masculino Número de Mensagens : 458
Idade : 28
Localização : Universo Storm
Prémios : :0 :0 :0
Barra de Warning :
Data de inscrição : 19/02/2009

Ver perfil do usuário http://www.djcharlesrox.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum